Uma história

domingo, 30/setembro, 2007

Ao reler o último post, lembrei de uma história do filósofo alemão Arthur Schopenhauer. Um dia ele estava em Paris, viu um jardim no meio de uma rua e resolveu sentar no chão. Seu objetivo era ficar horas seguidas contemplando as flores.

Uma pessoa que morava em uma das casas próximas ao jardim achou o comportamento dele suspeito. E chamou a polícia. Minutos depois, um policial abordou Schopenhauer.

“Quem é o senhor?”, perguntou o policial.

“É isso o que estou querendo saber enquanto olho as flores”, disse Schopenhauer. “Se o senhor souber responder a esta pergunta, serei eternamente grato.”

Desculpem o momento filosófico e, digamos, meio fru-fru. Mas Paris é uma cidade inspiradora. Sensacional. E que convida à reflexão a cada esquina percorrida.

2 Respostas to “Uma história”

  1. andrea Says:

    Eduardo, não tenho nada a ver com isso, mas você foi para a Coréia a trabalho ou estava de férias?

  2. Sofia Says:

    Oi Edu.

    parabéns pelo blog! Adorei esta reflexão zen do Schopenhaur .
    E as aventuras coreanas são ótimas. beijo, sofia


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: