Vinhos perdidos

quinta-feira, 18/outubro, 2007

Ontem acordei com conjuntivite. Daquelas de não conseguir abrir os olhos.

Até aí, você não tem nada com isso.

Mas vai se sensibilizar com o meu problema ao saber que eu perdi uma degustação sensacional.

Foi um encontro com o vinho Lote 43, da Miolo, considerado um dos melhores do Brasil. Uma degustação que os especialistas chamam de vertical. Isso acontece quando os degustadores provam safras diferentes de um mesmo vinho, para avaliar como ele evoluiu ao longo do tempo.

Sabendo que não havia o que fazer a não ser contaminar todos e estragar a festa, eu perdi essa.

Chorei, lamentei e pedi desculpas ao anfitrião, Fabio Miolo.

Mas meu amigo Adalberto Piotto, âncora da rádio CBN, enófilo de carteirinha e capitão desse evento, salvou a pátria. Ele descreveu com o talento de sempre o que aconteceu na degustação do Lote 43.

Confira no blog do Piotto.

Uma resposta to “Vinhos perdidos”

  1. Ricardo Cesar Says:

    Degustações verticais são sempre muito interessantes. Esta da Miolo eu fiquei curioso, porque outro dia abri um lote 43 de 1999 que eu achava que já deveria ter morrido e o vinho estava ótimo.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: