Wine Spectator

sábado, 10/novembro, 2007

Em tempo: minha opinião sobre o Parker é quase a mesma da que eu tenho sobre a revista americana Wine Spectator. Com uma diferença básica: eu acho as avaliações da WS, como a revista é conhecida, bem menos consistentes que as do Parker.

A WS é uma referência válida. É, assim como as notas do Parker, um critério para ajudar os consumidores a comprar. Mas eles andam pecando pela inconsistência. Fazem comparações meio descabidas, como forçar paralelos entre vinhos do Novo e do Velho Mundo, por exemplo. E já foram muito mais respeitados no mercado do que são hoje.

O que fazer? O mesmo que você deve fazer em relação às notas do Parker. Usar as avaliações da WS como REFERÊNCIA. Às vezes eles são brilhantes, em outras eles erram a mão. É do jogo, mas vale ficar atento.

Para completar, outras duas boas referências de avaliação são as revistas Decanter e Wine Enthusiast. Vale conferir. Os links estão logo ali, no menu do lado esquerdo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: